O Trem de Chocolate

Escrito por Emanuele Soto

Confesso que escrever sobre esse passeio já me dá água na boca e uma vontade enorme de voltar… me perdoem o spoiler mas você não vai precisar ler esse texto até o final para descobrir se vale o passeio, só se você não gostar de chocolate, queijo e belas paisagens!

Suíça para muitos é sinônimo de chocolate, depois dessa viagem entendi e terei que concordar, é realmente maravilhoso! Em média, cada suíço consome 12 kg de chocolate por ano. Dá pra entender a paixão nacional por esse produto, que aliás junto com outra paixão, os queijos, foram combinados em um passeio super especial a bordo de um trem "Belle Époque", datado de 1915, os passageiros se sentem dentro de um filme, as poltronas, os corredores… tudo dentro do trem é impecável.

O passeio começa exatamente às 8:44 e parte da estação de Montreaux, o trem é facilmente reconhecível pois ele é tão bonito que chama atenção. A equipe te orienta quando entrar e já acomodados, apenas é partido o trem, os passageiros recebem um pãozinho de chocolate e avelãs e uma bebida (café, achocolatado ou café com leite). Eu comeria vários destes pãezinhos, é fora de sério!

O trem para e somos transferidos para um ônibus que nos leva diretamente a Gruyere, onde inicia a primeira visita à fábrica de queijos: La Maison du Gruyere. Logo na entrada todos recebem um kit com três queijos Gruyere de tempo de maturação diferente para degustação, recebe o áudio guia, que por sinal tem em português de Portugal, o que acaba sendo bem divertido por conta do sotaque.

A visita dura uma hora e explora os 5 sentidos, é impressionante sentir cada aroma e saber como o alimento das vaquinhas influenciam no sabor final. O leite utilizado para a fabricação deste queijo provém de vaquinhas que pastam em campos de 800 a 1600 metros de altitude. E diariamente são produzidos 48 formas de queijo. As quais podemos ver serem produzidas através de uma sala de vidro e fazer um giro 360°.

Após a visita o ônibus nos leva ao Vilarejo medieval de Gruyères, a qual conta com 800 anos de história e cultura muito bem preservados. Durante uma hora e meia podemos explorar a paisagem, museus, um castelo e claro saborear a culinária local. Escolhemos conhecer o castelo e depois nos deliciamos com um raclete, pra ser sincera eu achei pouco tempo, pois acabamos comendo rápido para voltar para o ônibus, mas fizemos com gosto afinal o próximo destino seria a esperada fábrica de chocolates. 

Pancinhas cheias partimos para a sobremesa, ops, para a Fábrica de Chocolate da Caillers/Nestle fundada em 1898, no vilarejo de Broc. Uma hora e meia em uma visita interativa e sensorial onde podemos conhecer um pouco da história do chocolate e o seu processo de produção. Ao final uma deliciosa degustação de chocolates à vontade, vou repetir: à vontade! E no final tem uma loja que parece um paraíso com inúmeras opções de chocolates para compra.

Após todas essas delícias, nos despedimos dessa lindeza e retornamos de ônibus para Montreux. O passeio dura em torno de 7 horas e meia. Custa em média CHF 99,00. E deixarei abaixo o roteiro detalhado com os horários.

PROGRAMAÇÃO:

08h44: Partida de Montreux com destino a Montbovon – café e pãozinho de chocolate a bordo do trem

09h27: Chegada a Montbovon – transfer da estação de trem ao ônibus para Gruyere

09h40: Transfer de ônibus até Gruyere

10h05: Chegada a Gruyere e visita a fábrica de queijos – La Maison du Gruyere

11h05: Encontro com guia em frente à fábrica para ir de ônibus até a vila medieval de Gruyere

11h15: Chegada a Vila de Gruyere. Tempo livre – você pode visitar Museu HR e Castelo de Gruyere e ter um almoço delicioso (Não inclusos no pacote)

13h45: Encontro com guia no ponto de encontro para seguir de ônibus até Broc

14h05: Chegada a Broc e visita a fábrica de chocolate Caillers Nestle – degustação de chocolate

15h30: Encontro com guia para seguir de ônibus até Montreux

16h15: Chegada a Montreux.